Sony adquire a Bungie por 3,6 bilhões de dólares


Mais uma grande transação na indústria do entretenimento digital foi confirmada na tarde desta segunda-feira. De acordo com o portal gamesindustry.biz, a Sony Interactive Entertainment anunciou a aquisição da Bungie, mais conhecida atualmente pelo FPS Destiny 2. O valor do acordo ficou na casa dos 3,6 bilhões de dólares (R$ 19,1 bilhões, aproximadamente).

Mesmo com a conclusão do acordo, a Bungie será “uma subsidiária independente” da SIE, liderada por um conselho de administração composto pelo atual CEO e presidente do estúdio, Pete Parsons, e demais membros que ainda compõem a atual equipe de gerenciamento. A Sony disse que a Bungie continuará sendo um estúdio multiplataforma, com a opção de “autopublicar e alcançar jogadores onde quer que eles escolham jogar”. O estúdio está trabalhando na manutenção de Destiny 2, sua principal propriedade intelectual no momento, e trabalhando em uma nova IP. Jim Ryan, presidente e CEO da SIE, deu uma declaração sobre o fato, enfatizando o trabalho em conjunto das duas empresas e dando as boas-vindas da Bungie ao grupo PlayStation. Confira: “Tivemos uma forte parceria com a Bungie desde o início da franquia Destiny, e eu não poderia estar mais empolgado em receber oficialmente o estúdio na família PlayStation. "Este é um passo importante em nossa estratégia para expandir o alcance do PlayStation para um público muito mais amplo. Entendemos como a comunidade da Bungie é vital para o estúdio e esperamos apoiá-los enquanto eles permanecem independentes e continuam a crescer. Assim como a Bungie, nosso comunidade é fundamental para o DNA do PlayStation, e nossa paixão compartilhada pelo jogador e construir o melhor lugar para jogar agora evoluirá ainda mais." Pete Parsons também fez uma declaração sobre o acordo, falando da importância que a PlayStation sempre deu para os projetos do estúdio e as expectativas para o futuro. "Tanto a Bungie quanto a SIE acreditam que os mundos dos jogos são apenas o começo do que nosso IP se tornará. Nossos universos originais têm imenso potencial e, com o apoio da SIE, vamos impulsionar a Bungie a se tornar uma empresa global de entretenimento multimídia dedicada a cumprir nossa visão criativa."

Esta já é a terceira grande transação comercial envolvendo aquisições de estúdios só neste início de ano. Em 10 de janeiro tivemos a aquisição da Zynga pela Take-Two por US$ 12,7 bilhões, e em 18 de janeiro a mega aquisição da Activision Blizzard pela Microsoft por US$ 68,7 bilhões.


Fonte: Game Blast

1 visualização0 comentário