top of page
Wallpaper consoles.jpg
game boy colorrrrrr_edited.png
game boy colorrrrrr_edited.png
PSP_edited.png
Capas Diversas.jpg

Tekken 6

Capas Diversas.jpg
Capas Diversas.jpg

Console:

Playstation 3

Empresa: 

Namco

Gênero:

Luta

Lançamento:

27/10/2009

Capas Diversas.jpg

Jogadores:

Até 2

Capas Diversas.jpg

Tekken 6 (鉄拳6) é um jogo de luta, o sétimo da franquia Tekken, criado e publicado pela Namco Bandai Games. Foi lançado aos Arcades japoneses no dia 26 de novembro de 2007, e foi o primeiro jogo a ser lançado no sistema de Arcade System 357, baseado no Playstation 3. Um ano depois, o jogo recebeu uma atualização chamada Tekken 6: Bloodline Rebellion. Na Tokyo Game Show de 2008, foi anunciada a versão para console de Tekken 6, incluindo novos estágios e também os personagens de Bloodline Rebellion. Inicialmente, o jogo seria exclusivo para o PlayStation 3 Porém, a versão para Xbox 360 foi anunciada no dia 8 de outubro de 2008, e o lançamento para ambas as plataformas aconteceu em 27 de outubro de 2009. No dia 24 de novembro de 2009 foi lançada uma versão do jogo para o PlayStation Portable.

Enquanto esta versão possui elementos dos jogos anteriores, Tekken 6 introduz um novo sistema de Rage que aumenta o poder dos personagens quando a barra de energia está baixa.O jogo também traz um modo Beat 'em Up mais focado em um soldado de nome Lars Alexandersson, que lidera um golpe de estado com seus subordinados. Perdendo a memória em um ataque contra as forças especiais da Mishima Zaibatsu liderada por Jin Kazama, Lars parte em uma jornada com um robô chamado Alisa Bosconovitch para descobrir sua identidade, de forma que ele possa resgatar o objetivo de sua missão. Neste modo de campanha, o jogador pode obter itens ao completar missões e aprimorar áreas de poder diferentes de cada personagem que escolhe controlar.

O jogo recebeu avaliações, no geral, positivas. A crítica elogiou o visual e as novas mecânicas de jogo,mas apresentou opiniões diversas sobre o manuseamento do novo modo, "Scenario Campaign". Apesar disso, a versão de PlayStation Portable também foi bem recebida pelo quão fiel era às versões caseiras iniciais. As vendas do jogo alcançaram 3,5 milhões de cópias no mundo inteiro. Tekken 6 foi relançado posteriormente com o Spin-Off Tekken Tag Tournament 2 e SoulCalibur V para PlayStation 3.A sequência, Tekken 7, foi lançada nos Arcades japoneses em 18 de março de 2015 e no PlayStation 4 e Xbox One, além de internacionalmente, em 2 de junho de 2017.

Após a vitória de Jin Kazama contra seu bisavô, Jinpachi Mishima, no último torneio Rei do Punho de Ferro, ele se tornou o novo líder das forças especiais da Mishima Zaibatsu. Jin usa os recursos da companhia para declarar independência, se tornando uma superforça mundial, cortando seus laços nacionais e abertamente declarando guerra contra todas as nações pelo ano seguinte. Esta ação põe o mundo numa espiral extremamente caótica, com uma guerra civil de grande escala eclodindo em todo o planeta e até entre as colônias espaciais, que orbitavam o globo. Enquanto isso, Kazuya Mishima, o pai de Jin, que obteve a liderança da G Corporation, pede uma recompensa pela cabeça dele. Em retaliação, Jin anuncia o sexto Rei do Punho de Ferro para atrair Kazuya.

Enquanto a guerra continua tomando espaço, o líder de campo da Tekken Force vinculada à Mishima Zaibatsu, Lars Alexandersson, se rebelou do exército com vários de seus soldados. No entanto, Lars perde a memória durante um ataque da G Corporation e passa algum tempo a recuperando.Acompanhado por uma androide, Alisa Bosconovitch, Lars se aventura pelo mundo fugindo da caça por parte da Zaibatsu, enquanto também tenta se recobrar dos detalhes do seu passado. É eventualmente revelado que Lars é, na verdade, um filho ilegítimo de Heihachi Mishima, que se ocultou desde sua suposta morte no último torneio e tem tentado obter novamente a corporação familiar das mãos de Jin. Depois de entrar em contato com vários aliados, incluindo seu irmão adotivo, Lee Chaolan, Lars confronta os quarteis-generais da G Corporation e da Mishima Zaibatsu. É aí que Jin revela que enviou Alisa para espionar as ações de Lars. Ao desabilitar o modo de segurança de Alisa, Lars é forçado a colidir com a ex-colega de time, que deixa o local com Jin rumo ao Egito.

Ajudado por um dos seus aliados, Raven, Lars chega ao Egito e conhece uma astróloga, de nome Zafina, que dá a ele informações sobre a colisão de duas estrelas malignas, que acordarão uma antiga calamidade que destruirá o mundo. Este mal, Azazel, é um monstro demoníaco responsável pelo nascimento do gene demoníaco e está atualmente preso num templo ancião. Lars confronta seu meio-irmão, Kazuya, em frente à porta que leva à câmara de Azazel, lutando com ele. Lars e Raven entram na câmara e confrontam Azazel, o qual aparentemente é derrotado. Do lado de fora, Lars enfrenta seu meio-sobrinho Jin, que admite que a razão para iniciar a guerra era acordar Azazel e destruí-lo, desde o início, libertando o mundo de uma ameaça maior do que a própria guerra. Além disso, ao fazê-lo, ele se libertaria do gene demoníaco, já que Azazel só pode ter uma forma física através de energias negativas vindas do mundo. Revelando que Azazel só pode ser destruído por alguém com o gene demoníaco, Jin enfrenta Azazel, que havia sido revivido, o que os envia ao deserto.Lars se reúne, dessa vez, com uma Alisa segura, que foi consertada por Lee desde sua destruição anterior, e parte em uma nova missão.Raven captura o corpo de Jin do deserto e nota que ele ainda possui uma marca demoníaca no braço, mostrando que a morte de Azazel não o libertou do gene maligno.

Capas Diversas.jpg
Capas Diversas.jpg
Capas Diversas.jpg
bottom of page